02 março 2010

Traição e Inteligencia

Foi publicado um estudo, esta semana, na revista Social Psychology Quarterly, que mostrou o que eu sempre pensei: "homens inteligentes estão mais propensos a valorizar a exclusividade sexual do que homens menos inteligentes". Os que traem tendem a ter o QI mais baixo. Isso não é coisa de Nerd que não consegue pegar mulher não, esse resultado tem a ver com evolução!

Ao longo da evolução os homens sempre foram "relativamente polígamos". Relativamente porque sempre existiu homens que dispensavam maior tempo cuidando apenas de sua familia e seus descendentes, aumentando a chance de seus genes sobreviverem e serem passados adiante pelos seus filhos. Ao contrario dos promiscuos que dispensavam maior tempo e energia para fecundar maior numero de mulheres possivel, deixando seus descendentes á propria sorte. Mas os dois comportamentos foram selecionados, chegando até os dias atuais.

Mas agora esse estudo demonstra que os homens que tendem a não trair possuem o QI maior do que os que traem. Segundo Kanazawa o autor do estudo, o comportamento fiel do homem mais inteligente é um sinal de evolução da espécie.

Mas porque é considerado mais evoluído quem possui esse comportamento? Para Kanazawa, assumir uma relação de exclusividade sexual teria se tornado uma "novidade evolucionária", e pessoas mais inteligentes estariam mais inclinadas a adotar novas práticas em termos evolucionários. Isso se deveria ao fato de pessoas mais inteligentes serem mais "abertas" a novas ideias e questionarem mais os dogmas.

Ainda segundo o autor do estudo, de acordo com a pesquisa, o ateísmo e o liberalismo político também são características de homens com o QI alto.

Para chegar a essas conclusões, Kanazawa cruzou dados de duas grandes pesquisas americanas que mediam atitudes sociais e QI de milhares de adolescentes e adultos. Após analisar os estudos National Longitudinal Study of Adolescent Health e General Social Surveys, o especialista percebeu que as pessoas que acreditam na importância da fidelidade sexual para uma relação demonstram QI mais alto.

Quanto às mulheres, Kanazawa esclarece que a exclusividade sexual não está diretamente relacionada ao maior QI entre elas, mas sim com oportunidade e vontade.

Vish, desse jeito nem adianta encontrar uma mulher inteligente...

Fonte:

http://personal.lse.ac.uk/Kanazawa/
Satoshi Kanazawa - Wikipedia
Reportagem Hiperciência
Reportagem na Revista Veja

Um comentário:

Comente o que achou da postagem ou conte-nos algo!